Secretaria de Saúde é o órgão público mais elogiado do DF

No Dia Nacional do Ouvidor, pasta ressalta trabalho dos 323 servidores que atuam em todos os hospitais e na administração central

Secretaria de Saúde é o órgão público mais elogiado do DF

Nesta quarta-feira, 16 de março, é celebrado o Dia Nacional do Ouvidor, instituído pela Lei Federal 12.632, de 2012. Na Secretaria de Saúde, a data marca o trabalho árduo dos 323 servidores da Ouvidoria, que estão presentes em todos os hospitais da rede pública e na administração central. Apenas neste ano, já foram recebidas 14.143 manifestações. Em 2021, a SES foi o órgão mais elogiado do governo distrital.

 

No ano passado, dos 12.401 elogios registrados no DF, mais da metade foi direcionada para a Secretaria de Saúde, num total de 6.590 avaliações positivas. Ao todo, a SES recebeu 60.366 manifestações no ano passado, o que representa 20% de todos os registros distritais. Além dos elogios, o sistema OUV-DF registra solicitações de serviço e de informações, sugestões, reclamações e denúncias.

   

“Os verdadeiros heróis do setor são os ouvidores da ponta, que estão nos hospitais”, ressalta Thyerys Araruna, chefe da unidade setorial de Ouvidoria da SES. A pasta possui um ouvidor em cada um dos 17 hospitais da rede pública, responsáveis por atender as demandas dos pacientes.

 

No Hospital Regional do Gama (HRG), Eliane Simeão é a ouvidora. A unidade recebeu 833 manifestações apenas neste ano. Em 2021, foram 3.362. “É um trabalho de escuta muito importante”, destaca. A ouvidora, inclusive, entregou certificados de honra ao mérito para os servidores mais elogiados do HRG, durante a comemoração de aniversário do hospital.

 

A participação dos usuários da rede pública de saúde garante o controle social institucional. “A Ouvidoria dá ao cidadão voz ativa dentro do órgão. Assim, podemos melhorar nossos serviços a partir das manifestações que recebemos”, salienta Thyerys.

 

Para registrar uma manifestação sobre a SES ou qualquer outro órgão do DF, o cidadão pode ligar no 162, acessar o site ouv.df.gov.br ou se dirigir aos pontos de atendimento presencial nos hospitais e na Administração Central da Secretaria de Saúde.