Mulher se engasga com pirulito e morre na Rodoviária do Plano Piloto

Bombeiros atendiam uma vítima de espancamento quando foram chamados por transeuntes. Eles encontraram a mulher já sem sinais vitais Celimar de Meneses

Mulher se engasga com pirulito e morre na Rodoviária do Plano Piloto

Uma mulher de 71 anos, identificada como Geraldina da Silva, morreu na tarde desta sexta-feira (6/8) após se engasgar com um pirulito, na Rodoviária do Plano Piloto. As informações são do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). De acordo com a corporação, os militares atendiam uma ocorrência de espancamento quando foram acionados por pedestres para prestar socorro a uma pessoa engasgada. A mulher estava na plataforma A da rodoviária. Mais sobre o assunto muro desabado Distrito Federal Mulher tem suspeita de fratura após queda de muro no Sol Nascente ambulância Distrito Federal Mulher morre após sofrer parada cardíaca na Rodoviária do Plano Ao encontrarem a vítima, ela já estava caída e sem sinais vitais. Os socorristas fizeram avaliação, localizaram e removeram um pirulito de dentro da cavidade oral da vítima. Depois, eles tentaram manobras de reanimação. O apoio aéreo foi acionado, bem como uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Apesar dos esforços, a vítima não resistiu e teve seu óbito confirmado ainda no local. Assim que o apoio chegou ao local, a vítima de espancamento, que já estava sendo atendida na primeira ocorrência, foi levada ao Hospital de Base, consciente, orientada e estável.