Mulher carbonizada no DF tem corpo reconhecido

Os familiares de Brenda prestaram depoimento na 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte), ela deixa três filhos

Mulher carbonizada no DF tem corpo reconhecido

O corpo de uma mulher, encontrado carbonizado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), por volta das 8h do último sábado (7), no Parque Gatumé, na expansão de Samambaia, foi reconhecido pela família. Identificada como Brenda Pinheiro da Silva, a vítima tinha 26 anos. Os familiares de Brenda prestaram depoimento na 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte), ela deixa três filhos. A vítima estava sem roupas, jogada em um matagal da região. O caso, ainda recente, está sendo apurado e conta com informações preliminares. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), acionou a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), que isolou o local para a perícia da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). A desconfiança dos agentes é de que se trata de um caso de feminicídio. A identidade da mulher só poderá ser completamente confirmada após a realização da perícia nos restos mortais. Equipes do Instituto de Criminalística (IC), foram acionadas. A parte inferior do corpo da vítima estava completamente queimado, a suspeita é de estupro. Além disso, foram encontradas marcas de facadas.