Coletivos do Entorno serão higienizados nos terminais

Medida é determinada por portaria da Semob, que também torna obrigatório o uso de máscaras por motoristas e passageiros

Coletivos do Entorno serão higienizados nos terminais

AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: ROSUALDO RODRIGUES

Todos os ônibus do transporte coletivo que fazem as linhas entre os municípios do Entorno e o Distrito Federal (semiurbano) deverão passar por higienização a cada vez que o veículo chegar ao terminal. A portaria também determina que os veículos passem por higienização externa com água e sabão, pelo menos uma vez ao dia | Fotos: Semob-DF A medida, semelhante ao que é determinado para os ônibus do transporte público coletivo do DF (Lei nº 6.577/2020), tem objetivo de combater o contágio pelo novo coronavírus e ficará em vigor durante o período de pandemia da covid-19. As regras para os coletivos do semiurbano estão na Portaria nº 133, da Secretaria de Transporte e Mobilidade, publicada no Diário Oficial do DF (DODF) desta quinta-feira (9). De acordo com a norma, a higienização no interior dos ônibus deve ser realizada, em especial, nos pontos de contato com as mãos dos usuários e no sistema de ar-condicionado. O documento determina, ainda, que os veículos passem por higienização externa com água e sabão, pelo menos uma vez ao dia. Leia também Menos emissão de gases poluentes pelo setor de transporte Semob atende taxistas e motoristas de app em novo endereço Moradores do Guará ganham nova linha de ônibus, a 157.5 A portaria da Semob também institui a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção facial e de álcool em gel 70% para todos os motoristas e cobradores. Fica proibido, ainda, o transporte de passageiros sem o uso de máscara de proteção facial. “A medida é importante para uniformizar os procedimentos adotados por todos os operadores do transporte público coletivo que atendem a população do DF e do Entorno”, destacou o subsecretário de Fiscalização da Semob, Ricardo Leite de Assis. Segundo ele, os operadores devem se conscientizar quanto à necessidade da adoção desses protocolos de segurança. *Com informações da Semob-DF