Cascata do Taguaparque é reinaugurada

Monumento foi recuperado após parceria entre a administração e empresários de Taguatinga

Cascata do Taguaparque é reinaugurada

RAFAEL SECUNHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: MÔNICA PEDROSO O “cartão-postal” do Taguaparque está de volta. Depois de um ano e meio sem funcionar, a cascata foi reativada pela Administração Regional de Taguatinga, neste domingo (4), e já voltou a embelezar as fotos dos visitantes. A queda d’água voltou com força, a ponte de madeira foi recuperada e o monumento foi todo limpo e impermeabilizado. O local havia sido alvo de vandalismo no ano passado. Além da reforma da cascata, os banheiros e o campo sintético do parque também passaram por obras. A internet é gratuita e mantida pelo programa Wi-Fi Social, do GDF | Fotos: Acácio Pinheiro/Agência Brasília Morador da colônia agrícola 26 de setembro, o comerciante Renade Dias, 46, levou a esposa e os três filhos para passear no parque. A filha mais velha, Taynara, 17, posou para as fotos e relaxou. “Foi a primeira vez que vim. Ficou linda”, revela. Já Renade passa por ali uma vez por semana para uma caminhada . Ele lembra que a cascata é um ponto de lazer e precisa estar sempre bem cuidado. “Tem gente que não tem muita educação, estraga e acaba prejudicando os outros”, observa. “Aqui tem tanta opção de esporte, parquinhos para as crianças se divertirem e a ‘fonte’ não pode ficar sem funcionar”, complementa o frequentador. Construída há 14 anos, a queda d’água fica próxima à entrada do centro de lazer. Segundo a administração do Taguaparque, a bomba d’água teve o cabeamento de energia furtado, o monumento foi pichado e a ponte foi danificada. E a água, fundamental nessa época de estiagem, parou de jorrar. Em uma parceria com empresários da cidade que doaram materiais elétricos e tintas, a cascata foi restaurada. “Ela é o símbolo do parque e o local mais frequentado onde as pessoas param, tiram fotos e marcam um encontro. Espero que eles possam nos ajudar a cuidar”, destaca o administrador de Taguatinga, Bispo Renato Andrade. “Além de nossa equipe de manutenção, estamos em parceria com o batalhão da Polícia Militar para evitar mais atos de vandalismo aqui”, explica o administrador do Taguaparque, Daniel Leite. Em parceria com a Secretaria de Esportes, vamos recuperar em breve a pista de cooper, os campos de areia e construir uma pista de atletismo para nossos esportistas” Bispo Renato, administrador de Taguatinga Além dessa benfeitoria, o parque vem passando por uma série de melhorias recentes. Os banheiros tiveram as portas trocadas, além de manutenção nas redes elétricas e hidráulicas. O campo sintético recebeu luzes de LED e todo o espaço ganhou internet gratuita, por meio do programa Wi-Fi Social, da Secretaria de Ciência e Tecnologia. E não será só isso. “Tem final de semana que chegamos a receber 10 mil pessoas por dia. Portanto, o parque precisa estar em ordem. Em parceria com a Secretaria de Esportes, vamos recuperar em breve a pista de cooper, os campos de areia e construir uma pista de atletismo para nossos esportistas”, adianta Renato Andrade.